fbpx
  • Rua Fábio Franzo, 230
  • Distrito Industrial Paulo Kinock - Leme - SP

Ilumi proporciona momento especial para mães

Homenagem de Dia das Mães aconteceu na sexta-feira que antecedeu a data

Publicado em: 25/07/2021

Um dia tão especial quanto as mães merecem. Na última sexta-feira (07/05) a Ilumi preparou um momento relaxante para todas as mães que trabalham na empresa. Foram seis turmas com duração de 20 minutos cada dedicados a aula de yoga com a professora Anne Rocha e ao som das mais emocionantes músicas pelo saxofonista Claudio Rocha.

Elas cuidam da casa, dos filhos, trabalham e é bem comum que façam jornadas duplas ou triplas no dia a dia. Pensado nisso, a Ilumi proporcionou um momento para mães cuidarem de si mesmas, relaxarem e se sentirem especiais.

“Eu cheguei aqui na empresa passando mal, achei que não fosse conseguir trabalhar porque estava muito ansiosa. Aquele momento é algo que eu nunca vou esquecer, poder sentar, fazer aquela respiração, poder fechar os olhos e chorar um pouco. Ainda me sentei em uma parte do gramado que estava batendo um pedaço do sol e eu senti o sol. Foi muito especial e muito importante, só tenho que agradecer” conta Carla Fernanda Maiochi, mãe do Ackin e auxiliar de embalagem.

Flávia Binotto, mãe das gêmeas Eloisa e Sophia e gerente de Recursos Humanos, comenta com entusiasmo como foram esses minutos de relaxamento. “Me emocionei, me senti valorizada pelo fato de a empresa proporcionar um momento tão especial para as Mães. Notei no momento o quão é importante a respiração para nossa existência. O ato de respirar nos traz um bem-estar, nos da energia! Obrigada Ilumi por fazer me sentir tão bem!”

“Foi emocionante ver a expressão no rosto de cada mãe, com certeza aquele momento trouxe lembranças marcantes. O yoga tem o poder de ressignificar a trajetória trazendo para o aqui e agora, mostrando quão importante é ter um momento para si”, afirma a professora Anne.

 

Nascimento do Filho

Uma parte da meditação conduzida pela professora Anne Rocha foi sobre trazer de volta e ressignificar o dia do nascimento dos filhos e a emoção que cada mãe carrega com si daquele momento.

“Quando ela pediu para pensarmos no nascimento de nosso filho, pensei em há 17 anos atrás, quando estava na sala de parto para ter meu filho, pensei no dia que meu filho nasceu, que eu vi o rostinho dele pela primeira vez”, descreve Carla, emocionada.

Eliene Alves, mãe da Amanda e operadora de máquinas, relata a emoção da recordação. “Eu amei e me comoveu demais. Me veio a lembrança de quando fui ter minha filha porque estava minha família toda esperando a vinda da Amanda”.

“O momento de meditação me trouxe a lembrança do dia que descobri minha gravidez, a emoção de saber que fui abençoada e seria mãe de gêmeas.  Me recordei do momento que estourou a bolsa até a hora que vi o rostinho delas. Elas são minhas parceiras, minha alegria de viver”, conta Flávia.